quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A LOGÍSTICA REVERSA NA BUSCA DE UM PAÍS SUSTENTÁVEL



A LOGÍSTICA REVERSA NA BUSCA DE UM PAÍS SUSTENTÁVEL

APRESENTAÇÃO

O presente artigo visou demonstrar a aplicação da logística reversa no segmento de pilhas e baterias na cidade de Osório. Neste contexto foi analisado a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que foi sancionada recentemente e que trouxe como um de seus instrumentos a logística reversa. Conclui-se que para a efetividade de tal instrumento é imprescindível o engajamento de todos os elos desta cadeia, em especial do consumidor que será a mola propulsora deste processo.

Logística Reversa

Atualmente, a logística reversa é vista como um meio para a diminuição de resíduos sólidos descartados inadequadamente. Prova disso é que a logística reversa constitui um dos instrumentos da PNRS.
Esse mecanismo consiste num processo que se inicia com o consumidor, o qual repassará o produto a ser descartado ao estabelecimento comercial, que por sua vez, repassará ao representante comercial que irá entregá-lo ao fabricante. Este o direcionará ao local ambientalmente adequado, gerando assim a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto.

Aplicação da logística reversa do segmento de pilhas em Osório

Aplicou-se um questionário aos três primeiros elos desta cadeia, no município de Osório, quanto à aplicação da logística reversa do segmento de pilhas e baterias, do qual pode ser aferido que o consumidor por não ter alternativa de descarte adequado, acaba fazendo-o no lixo doméstico e que ao adquirir as pilhas não recebe nenhuma informação sobre o descarte ambientalmente correto. Quanto ao varejo aferiu-se que nenhuma empresa faz o recolhimento de pilhas e por fim o distribuidor afirmou fazer o recolhimento de pilhas e baterias.
Desta forma, conclui-se que para a efetividade da logística reversa do segmento de pilhas e baterias é fundamental que sejam realizados trabalho de conscientização com o consumidor, pois este será a mola propulsora de todo este processo. Para tanto é imprescindível o engajamento do varejo, das distribuidoras e indústrias, pois serão eles os responsáveis por fornecer aos consumidores, alternativas de descarte ambientalmente adequado às pilhas e baterias.

Os males de uma simples pilha contra nossa saúde


Um pilha simples contém, principalmente, metais pesados como chumbo, mercúrio, cádmio e, ainda, cobre, níquel, zinco, cromo e manganês. Descartadas no lixo comum, as pilhas e baterias vão parar nos aterros e toda essa “química” perigosa se espalha pelo solo, água, plantas, peixes e outros animais.
Segundo informações da Associação Brasileira da Indústria Eletréca e Eletrônica (ABINEE), publicadas no site Ambiente Brasil, substâncias como o cádmio se acumulam nos rins, fígado e ossos, causando disfunções renais e osteoporose; o mercúrio atinge o fígado, o cérebro e o sistema nervoso e ainda causa desde distúrbios neuropsiquiátricos ao mau desenvolvimento do feto. (http://saopaulourgente.blogspot.com)
Dicas sobre o uso correto de pilhas e baterias

* Prefira as pilhas e baterias recarregáveis ou alcalinas. Apesar de custarem um pouco mais, têm maior durabilidade.
*Guarde as pilhas em local seco e em temperatura ambiente.
*Nunca guarde pilhas e baterias junto com brinquedos, alimentos ou remédios.
*Não as incinere e, em hipótese alguma, tente abri-las
*Nunca descarte pilhas e baterias no meio ambiente e não deixe que elas se transformem em brinquedo de crianças.




Alunas

Bruna Araújo da Silva (Aluna do Curso Técnico em Administração do IFRS - Campus Osório).

Priscila Conceição Felício (Aluna do Curso Técnico em Administração do IFRS - Campus Osório.

Orientadora

SHANA SABBADO FLORES.(Professora do Curso Técnico em Administração do IFRS - Campus Osório).

3 comentários:

  1. Parabéns pelo trabalho!
    A logística reversa é um dos itens fundamentais a certificação da ISO 14001. Será que a maioria das empresas já certificadas tem se preocupado com todo o ciclo de vida de seus produtos?
    Para refletirmos... Excelente!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo belo trabalho!!!Sucesso!

    ResponderExcluir